16 de Dezembro de 2019 (11:07)

Publicação: Maxpress - Releases

Triumph anuncia parceria inédita com Mercado Livre para vender peças originais

A Triumph anuncia o projeto-piloto de uma parceria inédita no segmento de motocicletas premium: a criação de uma loja virtual voltada para comercialização de peças originais ao consumidor final. A ideia é aproveitar o enorme prestígio e penetração do Mercado Livre na internet brasileira para abrir um novo canal de vendas para o cliente, utilizando o próprio estoque de peças das Concessionárias. Nesta fase inicial, até o final de 2019, apenas as duas Concessionárias de São Paulo (Triple e Autostar) estão integradas ao projeto. Além disso, por enquanto, foram disponibilizadas nesta loja virtual somente 16 peças de giro rápido, que equipam os modelos Tiger 800 e Tiger 1200, os mais vendidos pela fabricante inglesa no Brasil.

A iniciativa tem apoio da Associação Brasileira das Concessionárias Triumph (Abrat) e tem como objetivo aumentar o faturamento das concessionárias participantes. No início de 2020 o projeto deverá ser ampliado e novas Concessionárias passarão a fazer parte da loja virtual da Triumph no Mercado Livre. “Queremos inserir a Triumph nos portais de venda online e, com isso, ter acesso a novos clientes nestas plataformas digitais.", afirma Renato Fabrini, Gerente Geral da Triumph. “Na próxima etapa, no ano que vem, pretendemos também ampliar as opções de produtos para o consumidor nesta loja virtual, incluindo itens como acessórios para motos e roupas/acessórios pessoais", acrescenta o executivo. O Mercado Livre, hoje, é o quinto site mais visitado do Brasil, atraindo cerca de 69 milhões de pessoas por mês. É a maior empresa de comércio eletrônico da América Latina, com 7.000 funcionários e presença em 18 países.

SOBRE A TRIUMPH

A Triumph Motorcycles Brazil é uma das 12 subsidiárias da empresa pelo mundo e conta com sede em São Paulo (SP) e fábrica em Manaus. A marca conta com 18 Concessionárias no Brasil nas cidades de São Paulo (SP), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), São José dos Campos (SP), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO), Florianópolis (SC), João Pessoa (PB), Londrina (PR), Vitória (ES), Várzea Grande (MT), Fortaleza (CE) e, mais recentemente, Salvador (BA). A Triumph possui o portfólio mais completo do mercado entre as marcas premium, oferecendo três pilares principais de produtos: Clássica, Adventure e Roadster. Fundada em 1902, a Triumph Motorcycles é uma empresa global, atuando diretamente em 13 países, por meio de suas filiais, e indiretamente em mais 57 mercados, através de distribuidores independentes. A Triumph é a maior fabricante britânica de motos e a marca que mais cresce no segmento acima de 500 cc nos países nos quais está presente. O faturamento mundial da empresa gira em torno de R$ 2,1 bilhões e suas vendas no varejo superam as 63.400 unidades anuais, com produção acima de 67.000 motos por ano. No mundo todo, a Triumph possui mais de 700 concessionárias e perto de 2.000 funcionários.

13 de Dezembro de 2019 (10:00)

Publicação: Agência AutoData - Notícias

Volksbus e-Flex deverá entrar nas linhas do e-Consórcio

Resende, RJ - A grande expectativa de jornalistas que compareceram à fábrica da Volkswagen Caminhões e Ônibus em Resende, RJ, na quinta-feira, 12, para conhecer o planejamento da companhia para o mercado de ônibus em 2020, era saber sobre o protótipo de chassi híbrido e-Flex, apresentado na Alemanha em 2018. Questões logísticas, porém, tornaram inviável a chegada da Suécia a tempo - o que não impediu a Agência AutoData de buscar informações escondidas por trás do biombo corporativo.

13 de Dezembro de 2019 (10:00)

Publicação: Agência AutoData - Notícias

Schaeffler e ABT fecham parceria para comerciais leves

São Paulo - O Grupo Schaeffler fechou acordo com a ABT e-Line para colaboração estratégica no sentido de desenvolver soluções para veículos comerciais leves de até 3,5 toneladas, de início para o Grupo Volkswagen - que contratou a ABT para eletrificar seus modelos, como o T6 e o Caddy, na Europa.

Trata-se de um novo negócio para a empresa desenvolvedora de sistemas, que, na área de eletrificação atua apenas em automóveis de passeio.

“É uma grande oportunidade para a Schaeffler", disse seu diretor executivo de pesquisa e desenvolvimento na América do Sul, Cláudio Castro. “Comercial leve nunca foi o foco principal do negócio, então abre uma nova frente."

A Schaeffler será responsável por toda a parte mecânica do powertrain eletrificado destes modelos, desde o motor elétrico até o gerador de energia elétrica e os freios regenerativos, que ajudam a dar carga à bateria. A escolha da ABT não foi à toa: as empresas são parceiras na Fórmula E, a competição de automobilismo de veículos elétricos.

Segundo Castro o fornecimento será em pequena escala, uma nova realidade neste segmento após a eletrificação. Os clientes, mais do que nunca, farão encomendas customizadas, de acordo com a sua realidade: baterias com autonomia de determinada quilometragem, motores que alcancem até certa velocidade: “Tem que atender à aplicação do cliente, será cada vez mais customizado. Chegou ao fim aquela época de grandes volumes".

Indiretamente a engenharia brasileira dará suporte ao desenvolvimento, uma vez que parte dos 1,2 mil engenheiros do grupo dedicados à eletrificação está em Sorocaba, SP, desenvolvendo sistemas do motor elétrico. Para Castro os comerciais leves elétricos chegarão ao Brasil dentro de alguns anos:

“Por aqui a eletrificação de comerciais começou em ônibus e veículos médios, ao contrário da Europa, que deu a partida nos comerciais leves. Mas é inevitável que estas soluções desembarquem neste segmento do mercado local".

13 de Dezembro de 2019 (10:00)

Publicação: Agência AutoData - Notícias

IQA terá programa para ajudar na habilitação ao Rota 2030

São Paulo - O IQA, Instituto da Qualidade Automotiva, lançará no ano que vem um projeto para ajudar empresas que tenham interesse a se habilitar no Rota 2030, o novo programa automotivo brasileiro. A intenção, segundo o superintendente Alexandre Xavier, é participart ativamente do programa:

"Daremos todo o suporte necessário para que empresas que tenham interesse em se habilitar ao Rota 2030 consigam usufruir dos benefícios do programa".

Os pormenores ainda não estão definidos: o IQA divulgará tudo ao longo do primeiro semestre do ano que vem. Mas, segundo Xavier, o projeto será maior e terá outras ações ligadas ao Rota 2030.

Outra ação do IQA será a expansão do PIQ, Programa de Incentivo a Qualidade, dedicado ao aftermarket - certifica as oficinas que trabalham dentro das normas de qualidade. Ganhará outro nome, Rota 45, e atenderá também aos varejistas do setor de reposição: "Ajudaremos as empresas desse segmento a entender melhor o seu modelo de negócio, em que melhorar e qual caminho seguir".

13 de Dezembro de 2019 (10:00)

Publicação: Agência AutoData - Notícias

IQA comemora 25 anos e inaugura nova sede

São Paulo - Prestes a completar 25 anos o IQA, Instituto da Qualidade Automotiva, mudou-se para uma nova sede em São Paulo, SP. Sua inauguração na noite de quinta-feira, 12, marca o início das celebrações pelo aniversário - e representa, na visão de Ingo Pelikan, seu presidente, a realização de um sonho:

"Este sonho começou há 25 anos em um prédio pequeno. Depois mudamos para um de tamanho médio e, agora, estamos em um novo local, bem localizado, de fácil acesso, que nos permitirá dispor de todos os recursos necessários para acompanhar o futuro do setor".

Para Alexandre Xavier, superintendente do IQA, a nova sede tornou-se realidade pelo reconhecimento que o instituto tem das empresas do setor automotivo. Na nova unidade a entidade oferecerá serviços ligados a novas tecnologias:

"Temos quatro salas de treinamento na nova sede, contra uma na antiga. Com a expansão queremos treinar 12 mil pessoas por ano até 2023, sendo que atualmente treinamos cerca de 4 mil. Daqui em diante também trabalharemos muito forte em algumas áreas novas como tecnologia, indústria 4.0, veículos elétricos e autônomos, que farão parte do futuro do setor, mas sem esquecer de aprimorar os serviços já prestados à indústria".

Com mais espaço físico e querendo mergulhar no futuro do setor o IQA construiu uma nova área dedicada a startups para desenvolver projetos e produtos que atendam demandas futuras. O instituto quer criar na nova sede um hub de inovação com foco na qualidade do setor automotivo - para isso oferecerá todas as condições de trabalho para as startups que forem selecionadas.

Outra novidade do IQA para 2020 será o manual de logística, uma nova área de atuação da entidade. Baseado em normas do mercado, servirá como uma referência para as empresas que atuam nesse segmento: "A intenção é mostrar ao mercado o impacto da logística na qualidade do produto".

Para Xavier, todas essas mudanças mostram o compromisso do IQA com o setor, ampliando as áreas de atuação, pois a intenção é começar a olhar para o futuro a médio prazo: "Temos um planejamento estratégico até 2030 que é para acompanhar o programa Rota 2030. A primeira etapa irá até 2023".

Compromisso com as mulheres

- O IQA assinou um compromisso com os Princípios de Empoderamento das Mulheres, projeto da ONU focado no desenvolvimento da mulher no mercado de trabalho. O presidente Pelikan revelou que muitos dos princípios do novo projeto já são atendidos pelo IQA, como o fato de ter mais colaboradores do sexo feminino, que hoje representam 60%: "No quadro de líderes do IQA elas também representam, praticamente, 50%".

O único quesito do compromisso que o IQA ainda não atende é o de promover ativamente a diversidade de gênero, mas o presidente disse que a intenção é começar a agir a partir do ano que vem: "Vamos colocar isso em prática e uma das áreas escolhidas foi a das startups: esse quesito será um dos que avaliaremos na hora de selecionar uma delas para o nosso hub de inovação.

Nova identidade

- O instituto também aproveitará os 25 anos para mudar sua identidade visual pela primeira vez na história, como parte do processo de preparação para o futuro.

13 de Dezembro de 2019 (10:00)

Publicação: Agência AutoData - Notícias

Receita Federal homenageia CNH Industrial

São Paulo -- A CNH Industrial foi homenageada pela Receita Federal por ter sido uma das cinco primeiras empresas a ingressar no programa OEA, Operador Econômico Autorizado, como parte do piloto, ocorrido em 2014. A homenagem aconteceu durante o evento Programa Brasileiro Operador Econômico Autorizado no Estado de São Paulo, realizado na sede da Fiesp, em São Paulo. A OEA é uma certificação para empresas que seguem padrões estabelecidos pela Receita que tratam da segurança da cadeia logística.

13 de Dezembro de 2019 (10:00)

Publicação: Agência AutoData - Notícias

Grupo BMW compartilha algoritmos usados na produção

São Paulo -- O Grupo BMW anunciou que compartilhará dados de seus algoritmos para que desenvolvedores de software possam melhorar seu código fonte e, assim, a montadora possa incorporar novas linhas de comando nos seus sistemas criados no conceito de inteligência artificial.

Para fins de garantia de qualidade o grupo informou que verifica todas as sugestões recebidas dos usuários antes de serem colocadas em uso produtivo ou compartilhadas. Assim, afirmou a companhia em comunicado, todos os usuários podem decidir se querem tornar seus modelos acessíveis a parceiros, como fornecedores, por exemplo.

13 de Dezembro de 2019 (10:00)

Publicação: Agência AutoData - Notícias

Citroën abre concessionária em Ribeirão Preto

São Paulo -- A Citroën, marca do Grupo PSA, inaugurou nova concessionária em Ribeirão Preto, SP. Trata-se de mais uma unidade bimarca, que tem ao lado um showroom de veículos Peugeot e compartilha oficina e serviços pós- vendas. A concessionária, que pertence ao Grupo Allma, tem showroom separado para expor veículos das duas marcas, um modelo de negócios considerado novo pelo grupo no País.

13 de Dezembro de 2019 (10:00)

Publicação: Agência AutoData - Notícias

Marcopolo fecha sua maior venda de urbanos no ano

São Paulo -- A Marcopolo fechou sua maior venda de ônibus urbanos no mercado brasileiro este ano, com 319 unidades entregues para a Viação Pioneira, uma das principais operadoras de transporte de Brasília, DF. Rodrigo Pikussa, diretor do negócio ônibus da Marcopolo, disse que a negociação. fechada este mês, foi muito importante para a empresa e reforça sua presença no segmento de ônibus urbanos.

Das 319 unidades que serão entregues até o fim do mês, 282 são do modelo Torino MD, equipado com chassi Mercedes-Benz OF-1721, com capacidade para transportar 72 passageiros, sendo 36 em pé e 36 sentados. Os outros 37 ônibus são do modelo Torino MT Low Entry, que usa chassi O500 1826 da Mercedes-Benz, e é um pouco maior, com capacidade para transportar 81 passageiros, 37 sentados e 41 em pé.

Siga nossas Redes Sociais

Receba nossas Notícias